Enter your keyword

Filipe Toledo vence o Oi Rio Pro na Barrinha de Itaúna.

Filipe Toledo vence o Oi Rio Pro na Barrinha de Itaúna.

Filipe Toledo vence o Oi Rio Pro na Barrinha de Itaúna.

Não teve para ninguém no último dia do Oi Rio Pro, etapa do Championship Tour disputada em Saquarema (RJ).

Com exibições de alto nível, Filipe Toledo, 23 anos, levou a plateia à loucura e conquistou a sua sexta vitória na elite mundial em toda a carreira. O brasileiro assumiu ainda a vice-liderança do Tour, atrás do australiano Julian Wilson.

As finais foram disputadas nesta sexta-feira, em ótimas ondas de até 2 metros na Barrinha de Itaúna, pico alternativo da competição.

Na finalíssima, o paulista de Ubatuba derrotou o australiano Wade Carmichael, que fez uma campanha surpreendente, chegando a eliminar Gabriel Medina, um dos principais favoritos ao título da prova.

A batalha entre Filipe e Wade começou com o brasileiro tendo a prancha quebrada depois de tentar passar por dentro do cilindro.

Enquanto Wade esperava pelas séries, Filipinho trocou de prancha e retornou ao outside. O duelo continuou sem muitas emoções, até o brazuca encontrar um canudo espetacular no meio do pico e sair ileso no inside, levando a galera ao delírio na Barrinha. Três dos cinco juízes deram 10, mas outros dois deram 9.80. Como a maior e a menor notas são cortadas, a média ficou em 9.93.

Com 3.67 e 9.93 no somatório, Filipe lutou para ampliar a vantagem, contando ainda com a pouca inspiração do australiano, que não ofereceu qualquer resistência durante o confronto final.

Incentivado pela torcida, o ubatubense completou outro canudo mais para o meio da praia, dessa vez numa onda menor. Com 7.17, Filipe deixou Wade precisando de uma combinação de notas no total de 17.10 pontos e carimbou de vez a vitória em Saquarema.

 

Depois de promover três chamadas, a World Surf League deu início ao último dia às 8:05h.

A expectativa era grande de um domínio brasileiro nas quartas de final da prova, mas apenas Filipe Toledo seguiu adiante na Barrinha.

No primeiro confronto, Filipinho mandou bem na escolha de ondas e derrotou o californiano Kolohe Andino por 13.84 a 11.93 pontos.

Em seguida, Michael Rodrigues chegou a liderar o placar contra o australiano Julian Wilson, somando 4.00 e 5.83, mas viu o australiano virar com 7.33. O cearense radicado em Floripa resolveu apelar para os aéreos em ondas intermediárias, mas não foi feliz nas tentativas.

Na terceira bateria, Gabriel Medina também não foi feliz em sua estratégia e caiu diante do australiano Wade Carmichael, que largou na frente passando por dentro de uma bela seção, mas sem tanta profundidade, emendando com uma rasgada e uma batida na junção. O australiano recebeu 5.90 e aumentou ainda mais a vantagem com um cilindro menor avaliado em 5.50.

Medina tentou investir nos tubos e também nos aéreos de backside, mas não era o seu dia. O tempo foi passando e o brasileiro não conseguiu reverter a situação na Barrinha, para tristeza da plateia.

Finalizando as quartas, Yago Dora caiu diante do havaiano Ezekiel Lau, autor de 12.86 pontos, contra 8.30 do brasileiro. Assim como Michael e Medina, o paranaense criado em Santa Catarina não foi feliz nos ataques aéreos e viu o havaiano vencer a bateria mesmo sem uma atuação expressiva.

Na primeira semi, Filipinho não deu chance alguma ao australiano Julian Wilson, líder do ranking mundial. Versátil, o brasileiro entubou e mostrou seu surfe progressivo, deixando Julian atônito. O aussie bem que tentou, mas sucumbiu diante do dono da festa em Saquarema, que arrancou 8.67 e 7.70 dos juízes, contra apenas 3.20 e 2.43 de Julian.

A outra semi reuniu duas surpresas em Saquarema. Mais encaixado nas direitas de Barrinha, Wade Carmichael botou pressão em Ezekiel Lau com 6.00 e 7.17, passando a administrar o placar e vencendo por 13.17 a 9.27 pontos.

 

Resultados do último dia do Oi Rio Pro 2018

Quartas de final

Filipe Toledo (BRA) 13.84 x 11.93 Kolohe Andino (EUA)
2 Julian Wilson (AUS) 11.20 x 9.83 Michael Rodrigues (BRA)
3 Wade Carmichael (AUS) 11.40 x 3.63 Gabriel Medina (BRA)
4 Ezekiel Lau (HAV) 12.86 x 8.30 Yago Dora (BRA)

Semifinais

Filipe Toledo (BRA) 16.37 x 5.63 Julian Wilson (AUS)
2 Wade Carmichael (AUS) 13.17 x 9.27 Ezekiel Lau (HAV)

Final

Filipe Toledo (BRA) 17.10 x 8.00 Wade Carmichael (AUS)

 

 

Fonte: Waves